Um erro comumente encontrado nas mais diversas áreas de atuação, sejam designers, estudantes, empreendedores e até grandes empresas, é a falta de investimento na responsividade dos seus templates.

Tão importante como saber sobre sites responsivos, é saber sobre as vantagens de ter um site. Isso você pode conferir neste link e neste link.

Se alguma vez você já foi surpreendido ao acessar um site em seu smartphone ou tablet e o mesmo estava completamente desconfigurado e inavegável, você sabe do que estamos falando, se você ainda não teve o azar de presenciar isto, vamos apresentar alguns casos para você perceber a importância do design responsivo em sites.

Como design responsivo é algo muito recente, vamos apresentar brevemente a técnica:

Design Responsivo é uma técnica de estruturação HTML e CSS, em que o site se adapta ao browser do usuário sem precisar definir diversas folhas de estilos para cada resolução.

 

Por que usar?

Uma pesquisa realizada no ano de 2013 pelo IBOPE Media revelou que atualmente 52 milhões de pessoas com 10 anos ou mais possuem acesso à sites por dispositivos móveis, reflita que esses dados devem superiores no cenário atual.

Essa pesquisa nos alerta que por diversas vezes, por falta de conhecimento ou de investimento, acabamos limitando nossas informações à uma parcela do nosso público-alvo. É como se não permitíssemos que o que estamos querendo mostrar pudesse ser visto.

O diretor da Mobile Marketing Association (MMA), Fabiano Destri Lobo, afirma que mobile é um catalisador para estabelecer relacionamentos de longo prazo com consumidores, portanto, termos uma base de usuários com este tamanho transforma o canal mobile num motor propulsor de mobilidade em nossa era.

Complementando o que Fabiano disse, é importante destacar que o design responsivo é muito mais do que uma simples tendência de design, é um conjunto de ferramentas e técnicas modernas que definem como o conteúdo será exibido ao usuário. Abrindo espaço para o que chamamos de Mobile First – desenvolvimento com foco para mobile.

Segundo Luke Wroblewski, criador do conceito Mobile First, equipes de desenvolvimento consideram que a tecnologia móvel foi uma reflexão tardia sem mesmo ter sido planejada com essa possibilidade. Essa abordagem de visualização com a web foi mantida até pouco tempo, quando empresas viram os ganhos em termos de visibilidade e monetário ao investir na web.

 

Por fim, é importante refletir sobre como o mercado está desempenhando seu filtro natural e avaliar como dificilmente perdemos tempo em sites que demoram para abrir ou que não são adaptados para o aparelho utilizado.

Então, na hora de investir na sua marca ou empresa, avalie as vantagens de ter um site adaptado para tablets e smartphones. Ele atende as preferências de acesso do seu público alvo, aumenta as possibilidades de retorno, por oferecer uma boa experiência de acesso e ganha mais visitas de um grupo cada vez maior de pessoas que utiliza aparelhos móveis para acessar a internet.

Quer saber mais?

FALE CONOSCO.