Recentemente, fomos surpreendidos com uma notícia que chocou o Brasil, em que uma menina de 16 anos de idade, como esta mesma relata, “acordou com 33 ‘homens’ em cima” de si, num ato grotesco de estupro coletivo. Cena que ficou conhecida pela grande mídia graças à divulgação de vídeos no Twitter e no WhatsApp.

Sendo assim, a Bizziness Softwares, empresa que produz conteúdo de desenvolvimento cibernético com seriedade, preocupada com a repercussão e o mau uso das tecnologias de comunicação, decidiu escrever esse texto alertando nossos usuários sobre esse mal que vem assombrando nossa sociedade com o advento da tecnologia. De forma que crimes sejam evitados e pessoas sejam conscientizadas que o uso da tecnologia não tem relação nenhuma com esses delitos praticados.

estupro3
Divulgação: Twitter

Delitos que geram precedentes para que mais do mesmo sejam cometidos, uma vez que ocorreu no Rio de Janeiro, lugar onde a seguinte notícia já havia alertado o seguinte: “Vazamento de ‘nudes’ é crime virtual mais comum no Rio, diz delegado”. E desde essa notícia, publicada em 05/01/2016, provavelmente nada foi realizado para educar nossos jovens dessa prática que vem destruindo famílias e vidas. Sendo ainda mais preocupante o fato de 80% das vítimas desses crimes são mulheres e 25% deles são menores de idade.

Tal onda de crimes que faz com que a polícia civil já tenha departamento próprio para crimes cibernéticos. Inclusive, é a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) que fará a investigação no caso do estupro coletivo.

É sabido que crimes cibernéticos englobam todos os crimes cometidos através da internet, mas não é por isso que o número não nos assusta. Em média, são registrados 54 crimes cibernéticos por minuto no Brasil, dados de 2015. Sendo destaque os chamados “crimes contra a honra”, ou, em outras palavras, os famosos “nudes” e “cyber bullying”.

Graças a esse comportamento, hoje somos piada mundo afora graças a nossa cultura do estupro. E parece que não deixaremos de ser piada tão cedo:

Você, que já recebeu tal conteúdo no seu WhatsApp. Pense em todas as pessoas prejudicadas pelo seu compartilhamento. Talvez você não o tenha repassado, mas também não repreendeu quem está divulgando. Lembre-se que nunca é tarde para mudar de postura, todo dia é uma nova oportunidade de mudança, porque no dia de amanhã pode ser sua mãe, sua irmã ou sua filha na tela do computador ou smartphone.

Vazamento de imagens e vídeos íntimos já não é nenhuma novidade em grupos de WhatsApp, sendo até um assunto para o “passado”. A moda agora é divulgar crimes. E então surge o questionamento, onde iremos parar com essa cultura de divulgação em massa? O que nos aguarda?

E se você já sofreu ou conhece alguém que já sofreu crimes cibernéticos, DENUNCIE! Abaixo está uma lista com os principais órgãos de combate ao crime cibernético:

 

BAHIA – Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meio Eletrônicos

Endereço: Rua Politeama de Baixo, s/n (Localizado em uma sala da Polinter – Complexo Policial dos Barris –), Salvador/Bahia

OBS: Não registra boletim de ocorrência

Telefone: (71) 3117 – 6109

 

ESPÍRITO SANTO – Delegacia de Repressão a Crimes Eletrônicos

Endereço: Avenida Nossa Senhora da Penha, 2290, CEP: 29045-402, Santa Luiza (funciona do edifício-sede da Chefia de Polícia Civil, ao lado do DETRAN), Vitória/ES

Telefone: (27) 3137-2607 / 3137-9078

 

MARANHÃO – Departamento de Combate aos crimes tecnológicos

Endereço: Rua do Correio, 75, Fátima, CEP: 65.030-340, São Luiz – MA

Telefone: 98 3214-8657

 

MATO GROSSO – Gerência Especializada de Crime de Alta Tecnologia (GECAT)

Endereço: Av. Coronel Escolástico, 346 CEP: 78.010-200, Cuiabá – MT

Telefone: 65 3613-5699

 

MATO GROSSO DO SUL – Laboratório de Tecnologia contra Corrupção e Lavagem de dinheiro

Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, 1203, CEP 79.031-902, Parque dos Poderes, Campo Grande/MS

Telefone: (67) 3312-7150

Site: http://www.pc.ms.gov.br

OBS: A Delegacia Virtual de Mato Grosso do Sul é um portal para registro de 3 tipos de boletins: Extravio, Furto simples e Desaparecimento de pessoa.

 

MINAS GERAIS – DEICC – Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos

Endereço: Av. Francisco Sales 780/ Santa Efigênia Belo Horizonte / MG CEP: 30.150-220

Telefone: (31) 3217-9712

E-mail: crimesciberneticos@pc.mg.gov.br

 

PARÁ – Divisão de Prevenção e Repressão a Crimes Tecnológicos (DRCT)

Endereço: Rua Oliveira Belo, 807, CEP: 66.000-000, Umarizal, Belém/PA

Telefone: (91) 3222-7567 / 7153

 

PARANÁ – Núcleo de Combate aos Cibercrimes (NUCIBER)

Endereço: Rua José Loureiro, 376, 1º andar, CEP: 80010-000 – Centro – Curitiba/PR

Telefone: (41) 3321-1900

 

PERNAMBUCO – Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Cibernéticos

Endereço: Rua da Aurora, 487, Boa Vista, CEP 50050-000, Recife/PE.

Telefone: 081-3184-3206 / 3207

E-mail: dpcrici@policiacivil.pe.gov.br

 

PIAUÍ – Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Alta Tecnologia – DERCAT

Endereço: Rua Prata, S/N, Piçarra, CEP 64017-160 , Teresina – PI.

Telefones (86) 3216-5275

 

RIO GRANDE DO SUL – Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos (DRCI) – Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC)

Endereço: Rua Prof. Cristiano Fischer, 1440 – Bairro Jardim do Salso – Porto Alegre/RS

CEP 91410-000

Telefone: (51)3288-9815

 

SÃO PAULO – 4ª Delegacia de Delitos Cometidos por Meios Eletrônicos (DIG/DEIC)

Endereço: Avenida Zack Narchi, 152, Carandiru, São Paulo/SP

Telefone: (11) 2221-7030

OBS: Atende apenas demandas relacionadas a fraudes financeiras por meios eletrônicos. Em casos de outros crimes por meios digitais, o cidadão deve se dirigir a uma delegacia comum.

 

SÃO PAULO – Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa – DHPP (crimes contra a dignidade sexual de vulneráveis)

BRIGADEIRO TOBIAS,Nº 527 – 5º Andar, CEP – 01.032-001, CENTRO, São Paulo/SP

Telefone: (11) 3311 3950

 

SERGIPE – Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC)

Endereço: Rua Laranjeiras, 960, Centro, CEP: 4900-000 (Complexo de Polícia Especializada, localizada no mesmo prédio da Delegacia Plantonista, 3º andar), Aracaju/SE

Telefone: (79) 3198-9135

 

RIO DE JANERO – Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI)

Endereço: Rua Professor Clementino Fraga, nº 77 (2º andar), Cidade Nova (prédio da 6ª DP), Rio de Janeiro/RJ (CEP: 20230-250)

Telefones: (0xx21) 2332-8192, (0xx21) 2332-8188 e (0xx21) 2332-8191

Endereço: Av. Dom Hélder Câmara, 2066 Jacarezinho, CEP 21.050-452, Rio de Janeiro – RJ

Telefone: (21) 2202-0636

E-mail drci@pcivil.rj.gov.br

 

TOCANTINS – Divisão de Repressão a Crimes Cibernéticos – DRCC

Endereço: Av. Teotônio Segurado, Quadra 202 Sul, CEP: 77020450, Conjunto 01, Lote 05, Palmas/TO

Telefone: (63) 3218-6986

E-mail: deic.drcc@ssp.to.gov.br